Dia Internacional da Mulher: A Prática do Pilates

Início / Blog / Dia Internacional da Mulher: A Prática do Pilates

Como diz o ditado popular: “Atrás de um grande homem, há sempre uma grande mulher?”

Apesar do criador do método ter sido um homem, a difusão do Pilates pelo mundo se deu principalmente pelas mulheres.

Joseph Pilates contou com a parceria de muitas mulheres, entre elas, a mais importante, sua esposa, Clara.

Pilates a conheceu em sua viajem de navio quando voltava da Alemanha para os Estados Unidos. Os dois montaram o primeiro estúdio de Pilates em Nova York e lá atendiam seus alunos.

Foi na década de 40 que o método começou a ficar conhecido, principalmente no mundo da dança.

Entre seus discípulos estavam mais duas mulheres importantes, as dançarinas Ruth St. Denis e Martha Graham. Em 1960, Joseph foi convidado a ensinar sua técnica para as bailarinas do New York City Ballet.

Quando Joseph morreu em 1967, seu trabalho foi conduzido por sua esposa e posteriormente por uma de suas primeiras alunas, Romana Kryzanowska, escolhida por sua dedicação e responsabilidade.

Romana herdou os direitos de uso da metodologia de pilates, incluindo anotações, fotos e manuscritos e foi a responsável pela popularização global do pilates.

Em 1991, foi criado o primeiro estúdio brasileiro de Pilates. A grande responsável por tal empreendimento foi Alice Becker Denovaro, primeira brasileira a se certificar para instrução da técnica de pilates.

A partir daí o Pilates se tornou o que é hoje, uma das atividades mais procuradas entre praticantes de atividade física e também como reabilitação para lesões.

Podemos ver ao longo da história que grandes mulheres se envolveram com total dedicação e importância na divulgação do pilates.

Parabéns a todas as mulheres que de uma forma ou de outra contribuíram para que o método Pilates alcançasse o grau de importância que tem hoje.

Fonte: Prof.ª Maria Militão

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *