A história de Pilates

Início / Blog / A história de Pilates

O método Pilates foi criado por Joseph Pilates, que nasceu na Alemanha em 1880. Era uma criança doente, sofria de raquitismo, asma e febre reumática. Pensando no seu futuro e sua saúde, estudou anatomia e começou a se exercitar, ainda na adolescência, criando seus próprios exercícios. Acreditava fielmente no dizer Romano “Mens sana in corpore sano” (mente sã, corpo são), a filosofia que é a chave para o método Pilates.

Ele utilizou seu conhecimento para superar as limitações de seu corpo, e no final de sua adolescência já era um ótimo mergulhador, ginasta, esquiador e atleta de modo geral.

Durante a Primeira Guerra Mundial, em 1912, Joseph Pilates ganhava a vida na Inglaterra como lutador de boxe e foi considerado um inimigo estrangeiro. Acabou preso em um campo de concentração. Pilates tornou-se então enfermeiro e treinou os outros estrangeiros com os exercícios que havia criado, utilizando como base as molas das camas hospitalares.

Sua técnica só foi reconhecida quando nenhum dos internos daquele campo sucumbiu a uma epidemia de gripe que matou milhares de pessoas na Europa em 1918. Em 1926 Pilates fundou um estúdio na cidade de Nova Iorque, denominando seu método como ”Contrologia”.

Joseph morreu no ano de 1967, aos 87 anos. Sua esposa Clara Pilates, assumiu então a direção do estúdio, dando continuidade ao trabalho de seu marido.

Joseph Pilates viveu uma vida longa e saudável, morreu em 1967, aos 87 anos. Desde então o método cresceu muito e hoje em dia, o Método Pilates não é usado mais somente como atividade física, mas também para fins de reabilitação, podendo tratar uma grande variedade de patologias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *