Blog

Início / Archive by category "Blog" (Page 2)

noticias e informações relacionadas a saúde e bem estar

Conheça a Influência do Pilates no Aluno Depressivo

Conheça a Influência do Pilates no Aluno Depressivo

Durante o passar dos anos nossos estilos de vida foram nos tornando cada vez mais sedentários e, consequentemente nossos corpos e mentes sofreram muito. Nos últimos anos as pessoas estão se tornando mais conscientes da importância da boa forma física e mental para levar uma vida feliz e saudável.

Segundo Joseph H. Pilates, o problema é que as pessoas acreditam que podem ser felizes, “sem esforço regular e disciplinado, necessário para tomar nossos corpos totalmente móveis, fortes e resistentes, para manter nossa corrente sanguínea pura e para refrescar continuamente nosso fluxo mental.”

O Método Pilates restaura o equilíbrio natural do corpo e da mente. Segundo o relato de vários alunos é notória a sensação de bem estar físico e mental após um mês de pratica do método.

Ao praticar o Pilates, o aluno estará estimulando o sistema circulatório, oxigenando o sangue, auxiliando a drenagem linfática e liberando as endorfinas que são responsáveis por aquela sensação de “bem estar”.

A maioria dos exercícios de Joseph Pilates foram desenvolvidos de forma a realizá-los de maneira reclinada, ou deitada, permitindo assim que seja possível a prática do exercício sem sobrecarregar o coração e tirando a vantagem de uma posição mais relaxada, mais natural, dos órgão internos.

“O controle correto do coração acompanha uma respiração correta, que simultaneamente reduz o esforço do coração, purifica o sangue e desenvolve os pulmões” descreveu Joseph Pilates.

Pilares do Pilates

O Pilates se baseia em seis pilares:

1) Concentração – Preste atenção a cada movimento! Quando sua mente e o seu corpo trabalham juntos, você consegue fazer um programa de exercícios ideal.

2) Controle – Em outras palavras, movimento e atividade em controle levam a um conjunto de exercícios contraproducentes, sem objetivo.

3) Centro – O corpo humano tem um centro físico onde originam-se todos os movimentos. Joseph Pilates denominou esta área de ”centro de força” ou Power House.

4) Movimento Fluido – Este deve partir do centro de força para fora. Deve-se evitar movimentos rígidos e que cause trancos.

5) Precisão – Deve se concentrar nos movimentos, caso contrário, estes serão executados de forma inadequada e eles perderão seu valor.

6) Respiração – Pilates sempre enfatizou a importância da respiração adequada durante os exercícios oxigenando o sangue e eliminando os gases nocivos.

Depressão: o que é, qual a causa?

Depressão é um distúrbio afetivo, que se apresenta através de tristeza, pessimismo, baixa autoestima e outros sintomas, causando o isolamento do indivíduo.

Isso acontece por alterações químicas que ocorrem no cérebro principalmente com relação aos neurotransmissores (serotonina, noradrenalina, e em menor intensidade, a dopamina) substâncias responsáveis pelo impulso nervo entre as células.

A depressão é uma doença grave podendo levar a morte.

Segundo a base de dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil é o país com maior incidência de depressão na América Latina e o segundo com maior prevalência dentre os continentes americanos.

Em 2015, 788 mil pessoas que sofriam com depressão morreram por suicídio. Isso representou quase 1,5% de todas as mortes no mundo.

Benefícios do Pilates no Aluno com Depressão

  • Melhora da Postura
  • Melhora da Qualidade de Vida
  • Diminuição das Crises de Depressão
  • Melhora da Socialização
  • Melhora da Atenção
  • Melhora na Coordenação Motora
  • Melhora do Equilíbrio
  • Melhora da Lateralidade
  • Melhora da Força
  • Melhora da Concentração
  • Melhora da Respiração
  • Mudança no Estilo de vida
  • Aumento da Autoestima
  • Maior Comprometimento
  • Consegue Manter o Foco nos Objetivos
  • Comprometimento com uma Rotina Diária
  • Controle de Doenças Secundária (Exemplo: Hipertensão Arterial, Diabetes, Problemas Articulares, Dores Posturais entre outras)
  • O aluno depressivo tende a se isolar, e apesar do Pilates ser uma atividade predominantemente individual, pode ser praticada em duplas ou grupos estimulando assim a interação entre indivíduos distintos.

Durante uma aula de Pilates, os alunos tendem a interagir verbalmente falando sobre assuntos do seu cotidiano, além de poderem ser incentivados a realizar alguns exercícios juntos, criando uma conexão informal e descontraída com os outros alunos.

 03Como o Pilates pode ajudar os Alunos com Depressão?

Pacientes com depressão apresentam uma carência excessiva, um semblante triste e baixa autoestima e o mais importante com este tipo de aluno depressivo é incentivar a socialização sem ser invasivo.

Estes alunos tem uma tendência a desistir facilmente de seus objetivos e não se comprometer com compromissos de longo prazo que possam promover uma rotina em sua vida diária.

Concluindo…

Podemos concluir que para atingimos nossos objetivos com alunos que sofrem de depressão não basta somente orientar a execução dos exercícios, devemos também traçar uma estratégia na qual o aluno se sinta como parte do processo.

Isso pois como vimos acima há um grande índice de depressão entre todo o mundo e é uma doença que vem crescendo cada vez mais com o aumento das redes sociais e distanciamento entre as pessoas.

Podemos ver que o Pilates além de trazer benefícios diretos para saúde e o corpo, também promove a socialização e aumento da autoestima auxiliando no tratamento do aluno depressivo.

5 benefícios do Pilates para o seu cérebro

5 benefícios do Pilates para o seu cérebro

Se você acha que o Pilates é um exercício para fortalecer seu Core – músculos que dão suporte e estabilidade para as regiões pélvica, lombar e para o quadril – você não está errado. Mas, há boas razões para acreditar que esse método, que se popularizou nos últimos tempos, tem também efeitos positivos para o seu cérebro.

O método conta mais de 500 exercícios precisos e controlados para dar flexibilidade e fortalecer a musculatura, principalmente da região do Core. Originalmente chamado de contrologia, foi criado por Joseph Pilates, durante 1ª Primeira Guerra Mundial para ajudar na reabilitação de soldados feridos.

Ao longo dos anos, diversas pesquisas já apontaram que a técnica traz benefícios também para a saúde mental de seus praticantes. Veja abaixo como o Pilates beneficia o cérebro:

Exercita a capacidade de focar

Durante as aulas de Pilates, é preciso estar muito atento às instruções. Os alunos são ensinados a perceber as sensações produzidas em cada movimento e precisam coordenar os movimentos com a respiração. Isso ajuda a viver o momento presente e estar totalmente concentrado na atividade.

Faz você ficar mais forte física e mentalmente

O Pilates é um tipo de treinamento de força e esse tipo de atividade está associada a algumas mudanças no cérebro. Um estudo publicado em 2015, no Journal of the International Neuropsychological Society, mostrou que pessoas que praticam treinamentos para fortalecimento, duas vezes por semana, durante um ano, obtiveram melhoras na função executiva e na memória. Além disso, houve menor atrofia do cérebro.

Melhora a postura e a atitude

Um dos objetivos do Pilates é melhorar a postura por meio do fortalecimento dos músculos do CORE. Isso ajuda os praticantes a terem mais consciência do alinhamento corporal em seus movimentos e em suas rotinas diárias. Uma postura mais adequada tem seus benefícios físicos, como redução de dor nas costas, nos ombros e no pescoço, como também oferece vantagens para a saúde mental. Uma boa postura ajuda a aumentar a autoestima e autoconfiança, por exemplo.

É uma oportunidade para aprender coisas novas

Quando a pessoa começa a fazer o Pilates, o cérebro irá se beneficiar por meio do aprendizado de novos padrões de movimento. Sempre que você aprende algo novo que requer um esforço contínuo, você ajuda o seu cérebro a criar novas conexões, aumentando a sua capacidade cognitiva.

Pode ajudar a dormir melhor

Vários estudos já mostraram que a atividade física pode ajudar a regular o sono. Pilates envolve o corpo e o cérebro de diferentes maneiras que ajudam a limpar a mente, trazendo relaxamento e bem-estar, essenciais para uma boa noite de sono. Um estudo comprovou que a prática ajuda a melhorar a qualidade do sono e sua duração em pessoas de meia idade, fase em que a insônia costuma ser mais intensa.

Como vimos, o Pilates é uma atividade física que traz inúmeros benefícios, tanto para o corpo, quanto para a mente. Além disso, ele pode ser feito por pessoas de qualquer idade, incluindo gestantes e idosos.00

Outono: tempo de reflexão

Outono: tempo de reflexão

Começa o outono aqui no Hemisfério Sul. Uma estação em que a natureza faz suas trocas. É tempo das folhas secarem, caírem e a terra preparar um novo ciclo.

Todo movimento de crescimento e expansão que marcaram a primavera e o verão, agora começam a desacelerar.
As chuvas marcam esse fechamento, limpam e levam o antigo, para que novo possa reinar.

E se eu pudesse te dar três dicas para começar bem a estação seriam:

Tire um tempo durante o dia para planejar, fazer aquela reflexão do que passou e do que quer realizar no ano, caso ainda não tenha tido fôlego para isso. Já passou o verão, o Carnaval, as férias e festas. Pra muitos é difícil mesmo querer organizar tudo num período em que o clima não ajuda muito.

Sente-se e tenha uma conversa séria com você. Se já fez sua lista dos sonhos para o ano, releia e coloque intenções positivas nela. E lembre-se: cuide primeiro de você!

Se ainda não está colhendo resultados, não desista. É hora de começar diferente. Veja qual o alimento certo que a sua vida precisa agora. Sinta qual a energia que vai te alimentar.

Que seja um belo outono para nós!

Pilates alivia dores crônicas e mantém corpo em movimento

Pilates alivia dores crônicas e mantém corpo em movimento

Quem sabe a importância da prática de atividades físicas para a saúde, mas não é fã de musculação e exercícios geralmente praticados em academias, tem no Pilates uma alternativa para manter o corpo saudável e em movimento.

O método, criado pelo alemão Joseph Pilates (1880-1967), busca o equilíbrio entre o condicionamento físico e mental.

A cada dia, ganha mais adeptos já que traz benefícios como o alívio de dores crônicas, ganho de força muscular, flexibilidade, reeducação dos movimentos, consciência corporal além de melhorar a mobilidade das articulações e a postura.

Não há contraindicações para a prática do Pilates, desde que observadas as particularidades de cada paciente. Por privilegiar exercícios de baixo impacto e poucas repetições, a técnica proporciona resultado eficaz com menor desgaste dos músculos e articulações.

O Pilates é muito utilizado na reabilitação de patologias ortopédicas e no tratamento de alterações de coluna, mas também é bastante procurado por atletas que buscam melhorar o seu rendimento.

3 Anos de Studio Atena: Uma Grande Família

3 Anos de Studio Atena: Uma Grande Família

Atena… nome escolhido! Na mitologia grega, a deusa da sabedoria, da estratégia… Nome ideal! Para nós, representa a força de vontade, a luta pela conquista de seus objetivos, a definição de caminhos, enfim a execução do que estava sendo muito bem planejado!

Durante um almoço em família ficou decretado: vamos começar!

A procura pelo lugar ideal, este deveria ser acolhedor, aconchegante e de fácil acesso… E assim encontramos o nosso espaço, a nossa casa! Foi amor à primeira vista!

Contrato assinado! Studio de Pilates montado! A recepção pronta! Mas o nosso lugar merecia mais! Queríamos mais gente na “nossa casa” e foi assim que encontramos mais uma fisioterapeuta apaixonada e dedicada ao que faz!

A nossa casa ganhou uma sala delicada e harmoniosa! Montada com carinho e cuidado para acolher aqueles que procurariam Drenagem Linfática, RPG e Acupuntura!

Nasceu! No final de abril de 2014 efetivamente estávamos abertos! Clientes e amigos participaram de nosso coquetel de inauguração e em seguida preencheram os primeiros horários!

Mas a família não parava de crescer! Chegou a nossa secretária! Chegou a nossa porta de entrada! Chegou a pessoa que é responsável pela primeira impressão!

Queríamos mais… e tínhamos dentro de casa! Convidamos uma irmã para se juntar a nós nessa jornada, com a Psicologia e a Psicopedagogia! Novamente, ganhamos uma nova sala, um espaço versátil, atendendo ao lúdico e ao adulto, aconchegante! Feito especialmente para cuidar!

E assim passaram-se 2 anos… como sempre queremos mais… para comemorar nossos 3 anos, convidamos mais um amigo, com a Nutrição e a Educação Física.

Agora sim! Equipe completa! Ou não…

Hoje podemos dizer com toda certeza que o Studio Atena é uma grande família! Família essa que não seria nada sem nossos clientes. Clientes que se tornaram grandes amigos. Amigos que pretendemos levar para a vida toda!

A importância do nutricionista na busca de vida saudável

A importância do nutricionista na busca de vida saudável

A população brasileira está cada dia mais preocupada com saúde e qualidade de vida. Podemos observar isso através do aumento do número de praticantes das diversas modalidades esportivas e do número de restaurantes saudáveis.

O profissional nutricionista tem função fundamental na organização de cardápios individualizados, auxiliando na composição das refeições de acordo com a necessidade de cada um.

Os benefícios não estão restritos apenas aos cardápios. Com a ajuda de um nutricionista você pode amenizar problemas e manter a saúde, o bem-estar e o humor em dia, além de prevenir futuras doenças.

Esse tipo de serviço abrange da infância até a terceira idade, onde em cada fase da vida certos tipos de vitaminas e minerais são importantes.

Manter uma alimentação equilibrada é um fator que traz qualidade de vida e longevidade. Agende já sua consulta e mude seus hábitos.

Nova recomendação indica massagem em vez de drogas para dor lombar

Nova recomendação indica massagem em vez de drogas para dor lombar

O Colégio Americano de Médicos (ACP, na sigla em inglês) divulgou novas recomendações para o tratamento de pacientes com dor lombar. Saem os medicamentos, sobretudo os opioides, entram as terapias não farmacêuticas, como aquecimento superficial, massagem e acupuntura. Se as drogas forem necessárias, as diretrizes sugerem a prescrição de anti-inflamatórios não esteroides e relaxantes musculares.

“Nós temos que olhar terapias não farmacêuticas primeiro”, disse Nitin Damle, presidente do comitê da ACP, em entrevista ao “New York Times”.

Na diretriz anterior, aprovada em 2007, a primeira recomendação era “considerar o uso de medicações com benefícios comprovados”. Para a maioria dos pacientes, dizia a entidade, “opções de medicação de primeira linha são drogas anti-inflamatórias não esteroides e paracetamol”. Na revisão, publicada agora, a ACP alerta que o paracetamol “se mostrou ineficaz para lombalgia aguda”.

Publicidade

De acordo com a associação, a dor lombar é uma das razões mais comuns pela procura de um médico, e cerca de um quarto dos americanos adultos dizem ter enfrentado esse problema ao menos uma vez nos últimos três meses. A lombalgia é classificada como aguda, quando dura menos de quatro semanas; subaguda, entre quatro e 12 semanas; e crônica, quando persiste por mais de 12 semanas.

As dores agudas e subagudas melhoram com o tempo, independentemente do tratamento. Dessa forma, “médicos e pacientes devem escolher tratamentos não farmacológicos como aquecimento superficial, massagem, acupuntura ou manipulação espinhal”.

“A dor lombar tem um curso natural e não requer intervenção”, disse James Weinstein, diretor do Centro Médico Dartmouth-Hitchcock, em New Hampshire.

Mas até para pacientes com dor lombar crônica, a ACP recomenda como primeira alternativa terapias sem o uso de drogas:

“Exercícios, reabilitação multidisciplinar, acupuntura, redução do estresse, tai chi, ioga, exercício controle motor, relaxamento progressivo, eletromiografia, terapia a laser de baixo nível, terapia operante e cognitivo comportamental e manipulação espinhal demonstraram melhora nos sintomas, com baixo risco de danos”, diz a nova recomendação. “A ACP enfatiza que terapias físicas devem ser administradas por profissionais com treinamento apropriado”.

Caso o paciente não tenha uma resposta adequada, os médicos devem considerar o tratamento farmacológico com anti-inflamatórios não esteroides como primeira linha, e tramadol e duloxetina como segunda opção.

“Médicos devem apenas considerar opioides como opção em pacientes que falharam nos tratamentos anteriores, e apenas se os benefícios potenciais superarem os riscos”, diz a entidade. “O que nós precisamos fazer é parar de medicalizar sintomas”, afirmou Weinstein.

Intestino e depressão: uma questão de limpeza

Intestino e depressão: uma questão de limpeza

Você sabia que o principal órgão do nosso corpo que tem a ver com a nossa saúde tanto física quanto emocional é o intestino? Recentemente o médico americano Michael D. Gershon, da Universidade de Columbia, em Nova York, confirmou que o órgão tem um sistema nervoso autônomo com uma vasta rede de 100 milhões de neurônios e neurotransmissores.

90% de toda a serotonina é produzida lá, nos intestinos. Também é nos intestinos que nós produzimos 80% de todo o nosso potencial imunitário, para além do hormônio do crescimento.

Então, uma conclusão direta é: trate bem do seu intestino, alimente-se saudavelmente que você terá saúde tanto emocional quanto física.

Uma noite mal dormida, excesso de bebida, fumo e muito açúcar podem interferir no funcionamento do intestino, já que estes fatores modificam o PH intestinal e aceleram o envelhecimento, a falta de vitalidade e podem ainda agravar os quadros de depressão.

Diante disso, é preciso ter uma alimentação rica em água de boa qualidade e fibras orgânicas, que ajudam na limpeza do intestino.

 

Alimentos que fazem bem ao intestino

Alimentos fundamentais para a saúde do intestino são a aveia, o inhame, o arroz integral e a linhaça.

E para aumentar os níveis cerebrais de serotonina precisamos ingerir alimentos que contenham os minerais cálcio e magnésio, os quais estimulam a produção de triptofano, o aminoácido precursor da serotonina.

Ai é que entram as boas fontes de cálcio: requeijão, queijos magros, brócolis e gergelim.

E as fontes de magnésio: tofu, soja, caju, salmão, espinafre, aveia e arroz integral.

 

Mantenha seu intestino limpo assim

  • Comendo de 8 a 10 porções de frutas por semana – escolha frutas com fibra, mas não só.
  • Grãos integrais 2 a 3 vezes por semana.
  • Alimentos que limpam o cólon e são ricos em fibras e proteínas.
  • Menos doces e gorduras.
  • Use sementes de linhaça polvilhada.
  • Fazer atividade física diária é fundamental – caminhe, pelo menos 30 minutos, ou jogue bola, ou dance, ou ande de bicicleta. Escolha o que mais gosta, e faça.
  • Beba água, chá ou suco.
Dia Internacional da Mulher: A Prática do Pilates

Dia Internacional da Mulher: A Prática do Pilates

Como diz o ditado popular: “Atrás de um grande homem, há sempre uma grande mulher?”

Apesar do criador do método ter sido um homem, a difusão do Pilates pelo mundo se deu principalmente pelas mulheres.

Joseph Pilates contou com a parceria de muitas mulheres, entre elas, a mais importante, sua esposa, Clara.

Pilates a conheceu em sua viajem de navio quando voltava da Alemanha para os Estados Unidos. Os dois montaram o primeiro estúdio de Pilates em Nova York e lá atendiam seus alunos.

Foi na década de 40 que o método começou a ficar conhecido, principalmente no mundo da dança.

Entre seus discípulos estavam mais duas mulheres importantes, as dançarinas Ruth St. Denis e Martha Graham. Em 1960, Joseph foi convidado a ensinar sua técnica para as bailarinas do New York City Ballet.

Quando Joseph morreu em 1967, seu trabalho foi conduzido por sua esposa e posteriormente por uma de suas primeiras alunas, Romana Kryzanowska, escolhida por sua dedicação e responsabilidade.

Romana herdou os direitos de uso da metodologia de pilates, incluindo anotações, fotos e manuscritos e foi a responsável pela popularização global do pilates.

Em 1991, foi criado o primeiro estúdio brasileiro de Pilates. A grande responsável por tal empreendimento foi Alice Becker Denovaro, primeira brasileira a se certificar para instrução da técnica de pilates.

A partir daí o Pilates se tornou o que é hoje, uma das atividades mais procuradas entre praticantes de atividade física e também como reabilitação para lesões.

Podemos ver ao longo da história que grandes mulheres se envolveram com total dedicação e importância na divulgação do pilates.

Parabéns a todas as mulheres que de uma forma ou de outra contribuíram para que o método Pilates alcançasse o grau de importância que tem hoje.

Fonte: Prof.ª Maria Militão

 

A importância do controle respiratório no Pilates

A importância do controle respiratório no Pilates

Segundo Joseph H. Pilates, o criador do método, “Respirar é o primeiro e último ato da vida. Nossa vida depende disso. Visto que não podemos viver sem respirar, é tragicamente deplorável contemplar os milhões e milhões que nunca aprenderam a dominar a arte de respirar corretamente.”

Estresse e as aflições do dia-a-dia podem fazer você diminuir os ciclos respiratórios sem perceber. Mas quando os pulmões absorvem o oxigênio, eles permitem a oxigenação de todas as células do corpo, através do seu transporte pela corrente sanguínea. Para Joseph, o fato de o seu Método proporcionar a oxigenação plena das células do corpo poderia contribuir para a cura de algumas doenças e lesões.

Nesse texto vamos ler mais sobre a importância do controle respiratório para o nosso corpo e mente.

Continue lendo

x

Olá, podemos ajudar?

Deixe sua mensagem que nós retornaremos o mais breve possível.